Ciências e Tecnologia » Biologia » Cobras Venenosas | As cobras mais venenosas do mundo

Cobras Venenosas | As cobras mais venenosas do mundo

 As cobras venenosas ou cobras peçonhentas, são espécies de ofídios que utilizam uma saliva modificada inoculada com dentes altamente especializados para se defender ou com o intuito de imobilizar sua presa, diferente das espécies não venenosas que usam a constrição (ato de esmagar a presa com o corpo) e a mandígula para imobilizar a presa. Membros das famílias Elapidae, Viperidae, Atractaspididae e Colubridae são grandes cobras venenosas.

Cobras mais venenosas do mundo

As listas ou rankings de cobras mais venenosas do mundo são quase sempre provisórias e diferem muito por causa de vários fatores

Além da alta variabilidade dos testes de toxicidade das cobras venenosas, as diferenças fisiológicas entre os animais testados e seres humanos é outro grande problema na categorização das cobras mais venenosas. Ratos são o indicador comum usado para testar o veneno das cobras venenosas em testes de DL50 (denominação para dose letal mediana que é a dose necessária de uma dada substância ou tipo de radiação para matar 50% de uma população em teste.), por isso os resultados podem não refletir os efeitos reais sobre os seres humanos, devido às diferenças fisiológicas entre ratos e seres humanos. Muitas cobras venenosas são um predador especializado em ratos, e seu veneno pode ser adaptado especificamente para incapacitar camundongos. Enquanto a maioria dos mamíferos têm uma fisiologia bastante semelhante, os resultados de DL50 podem ou não ser diretamente relevantes para seres humanos.

Lista das cobras mais venenosas do mundo

Abaixo segue uma lista das cobras mais venenosas e cujo os ataques são mais frequentes no mundo.

Cascavel

Cobras Venenosas - CascávelCascavéis são um grupo de cobras venenosas dos generos Crotalus e Sistrurus, todas as espécies cascavéis possuem um conjunto de presas com as quais elas injetam grandes quantidades de veneno neurotóxico. O veneno também viaja através da corrente sanguínea, destruindo tecidos e causando inchaço, hemorragias e dor intensa. Algumas espécies, como por exemplo a Cascavel Tiger e a Cascavel Mojave, adicionalmente possuem um componente neurotóxico em seu veneno que causa paralisia do sintoma nervoso.

Picadas de Cascavel são a principal causa de lesões de cobras venenosas nas Américas especialmente os indivíduos jovens que inoculam uma maior quantidade de veneno, pois ainda não possuem pleno controle da mordida. Não obstante, cascavéis raramente mordem a menos que provocadas ou ameaçadas, e, se a mordida for tratada de maneira rápida, raramente leva a morte.

Cobra-da-morte

Cobra da Morte - Cobras mais venenosas do mundoAcanthophis é um gênero de cobras elapid. Comumente chamadas cobras-da-morte, eles são nativas da Austrália, Nova Guiné e ilhas próximas, e estão entre as cobras mais venenosas do mundo.

Ao contrário da maioria das serpentes, cobras-da-morte não são ativas na caça, mas sim na emboscada. Quando estão com fome, se enterram em substrato. Isto pode ser serragem, solo ou areia, dependendo do seu ambiente. A única parte que expõem é a sua cabeça e cauda, de modo geral muito bem camufladas. A ponta da cauda é usada para atrair um pássaro ou mamífero desavisado só então é que aAcanthophis se move, atacando com a bote mais rápido do qualquer outra cobra do mundo. A cobra-da-morte pode ir de uma posição de ataque, ao ataque, envenenamento da presa, e de volta à posição de ataque novamente, em menos que 0,15 segundos.

O ataque e veneno da cobra-da-morte

Elas podem injetar em média 40-100 mg de veneno altamente tóxico com uma mordida. A DL50 do veneno foi relatado como 0,4-0,5 mg / kg por via subcutânea.

Seu veneno é neurotóxico e pode levar a morte em aproximadamente 6 horas, por paralisia respiratória. Os sintomas geralmente atingem o pico entre 24 e 48 horas depois da picada. Soro geralmente é bem efetivo no tratamento. Antes do antiveneno ser introduzido, relata-se na literatura que cerca de 50% das mordidas eram fatais. Mortes são muito mais raras hoje em dia como o antiveneno é amplamente disponível e a progressão dos sintomas do envenenamento é lenta.

Víboras

Viboras - Cobras mais venenosas do mundoVíboras são uma família de cobras venenosas ( Viperidae ) encontradas em todo o mundo, exceto na Antártida, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda, Madagascar, Hawaii, várias outras ilhas isoladas, e ao norte do Círculo Ártico. Todos têm, presas articuladas relativamente longas que permitem a penetração profunda e injeção de veneno. Quatro subfamílias são reconhecidas atualmente.

O veneno das Víboras

Venenos viperídeo normalmente contêm uma abundância de enzimas de degradação de proteínas, chamadas proteases, que produzem sintomas como dor, inchaço local forte e necrose, perda de sangue e dano cardiovascular complicado por coagulopatia e interrupção do sistema de coagulação do sangue. A morte geralmente é causada pelo colapso da pressão arterial.

Veneno proteolítico é também de duplo propósito: em primeiro lugar, ele é usado para a defesa e para imobilizar a presa, como com venenos neurotóxicos, em segundo lugar, muitas das enzimas do veneno têm uma função digestiva, quebrando moléculas de presas, tais como lipídios, ácidos nucleicos e proteínas. Esta é uma adaptação importante, pois muitas víboras têm sistemas digestivos ineficientes.

Naja

Naja - Cobra venenosaNaja é um gênero de cobras venenosas da família Elapidae, consiste de 20-22 espécies, mas passou por várias revisões taxonômicas nos últimos anos, de modo que as fontes variam muito.

O Veneno das Najas

Todas as espécies do gênero Naja são capazes de entregar uma mordida fatal para um ser humano. A maioria das espécies tem veneno neurotóxico muito forte que causa uma rápida paralisia, mas muitos também têm características citotóxicas que provocam o inchaço e necrose, e têm um significativo efeito anticoagulante. Alguns também têm componentes cardiotóxicos.

Várias espécies Naja, conhecidas possuem mecanismo que lhes permite ejetar seu veneno a uma distância considerável, as najas usam isso como mecanismo de defesa. O alcance e precisão varia bastante de espécie para espécie, uma vez que o veneno é pulverizado sobre a pele da vítima, causa uma severa irritação na região repelindo um potencial inimigo. Se o veneno atingir o olho pode causa uma sensação de queimação intensa e cegueira temporária ou mesmo permanente se não for limpo imediatamente e por completo.

Gostando desse artigo? Receba outros artigos de biologia em seu e-mail

Ao contrário da crença popular, a cobra das Filipinas (N. philippinensis) não é a espécie de Naja mais venenosa. A cobra Caspian (N. Oxiana) da Ásia Central produz um veneno mais tóxico. A DL50 subcutânea média dela em camundongos é de 0,18 mg / kg porém numa variação entre 0,1 e 0,24 mg/kg, enquanto a N. Philippinensis tem uma LD50 de 0,2 mg / kg. O menor valor relatado para N. philippinensis é de 0,14 mg / kg.

Serpente-tigre

Serpente-tigre - Cobras venenosasSerpentes do tigre são cobras venenosas encontradas em regiões do sul da Austrália, incluindo as ilhas costeiras e Tasmânia. Possuem neurotoxinas muito potentes, coagulantes, hemoliticas e miotoxinas. Os sintomas de uma mordida incluem dor localizada no pé e na região do pescoço, formigamento, dormência e sudorese, seguidos por um razoavelmente rápido início de dificuldades respiratórias e paralisia. Num estudo, a taxa de mortalidade não tratada a partir dos seus mordidas é relatada como sendo entre 40 e 60%.

O tratamento é o mesmo para todas as serpentes venenosas australianas. O método de imobilização de pressão é utilizado para inibir o fluxo de veneno por meio do sistema linfático. O membro afetado é então imobilizado com uma tala. A Identificação do veneno é possível se os vestígios ficam perto da ferida. Identificar a cobra não é necessário se a mordida ocorrer na Tasmânia, como o mesmo antiveneno é usado para tratar picadas de todos as cobras da Tasmânia. A disponibilidade de antiveneno reduziu muito a incidência de picadas fatais da cobra tigre. O número de mortes é agora ultrapassado pela cobra marrom.

Mamba-negra

Mamba Negra uma das cobras mais venenosas do mundoA mamba negra (Dendroaspis polylepis), é uma cobra venenosa endêmica da África Subsaariana. É a espécie mais longa dentre as cobras venenosas na África e a segunda maior serpente venenosa do mundo, com uma média em torno de 2.2 a 2.7 m de comprimento, e, por vezes crescendo até 4 m, a mais longa mamba negra registrada foi de 4,3 m.

As Mambas-negras são uma das espécies de serpentes mais temidas do mundo, e certamente a mais temida na África. Sua combinação de velocidade, agressão imprevisível, e potente veneno fazem dela uma espécie extremamente perigosa. É a cobra mais rápida do mundo, capaz de se mover a 4,32 – 5,4 metros por segundo (11-19 km/h) em curtas distâncias. A mamba negra tem uma reputação de ser muito agressiva, mas como a maioria das cobras, ele geralmente tenta fugir dos humanos, a menos se ameaçada. Podem atacar 12 vezes seguidas. Uma única mordida é capaz de matar entre 10 e 25 adultos.

Possui um veneno de ação extremamente rápida e potente alguns dizem que é o mais potente do que qualquer serpente, e é capaz de matar um humano adulto em 20 minutos segundo documentado na literatura médica tempo que não é registrado em outras cobras venenosas. O veneno da mamba-negra pode matar um rato após 4,5 minutos, o menor tempo entre todos os cobras venenosas conhecidas. Sem soroterapia rápida e vigorosa, uma mordida de uma mamba negra é quase sempre fatal. É constituído principalmente por  neurotoxinas altamente potentes, pré-sinápticas e pós-sinápticos; Também contém cardiotoxinas, dentre outras. Dependendo da natureza da picada, a morte pode vir entre 15 minutos e 3 horas.

Krait malasiana

Krait malasiana - Cobras venenosasAs Kraits Malasianas são uma espécie do Bungarus, são cobras venenosas endêmicas do sudeste da africa. Conhecidas por serem extremamente canibais e agressivas, se alimentam de outras cobras, inclusive da mesma espécie e até mesmo de seus filhotes. Possuem hábitos noturnos e são reladas como cobras tímidas que geralmente evitam confrontos.

Seu veneno é uma combinação de neurotoxinas extremamente letais, com uma potência estimada em 16 vezes o veneno da mamba-negra. e mesmo depois da administração do antiveneno as chances de vida são de 50%.

Taipan

Taipan - Cobras mais venenosas do mundo

Taipan assim como as Najas é um gênero de cobras venenosas da família Elapidae, encontradas na Austrália, e assim como a mamba negra alguns a consideram a cobra mais venenosa do mundo.

Espécies deste gênero possuem veneno altamente neurotóxico com alguns outros componentes tóxicos que têm vários efeitos sobre vítimas. O veneno é conhecido por paralisar o sistema nervoso da vítima e coagular o sangue, que então bloqueia os vasos sanguíneos e usa os fatores de coagulação. Os membros deste gênero são consideradas uma das cobras venenosas mais letais da terra com base em sua DL50. Antes do desenvolvimento de antídotos, não havia relatos de sobreviventes de um ataque da Taipan. A morte ocorre geralmente dentro de uma hora.

Cobra marrom

cobra marrom - cobras venenosasA Cobra marrom (Pseudonaja textilis) do gênero Pseudonaja, é uma espécie de cobra venenosa encontrada na austrália.

A cobra marrom oriental é considerado o segundo serpente terrestre mais venenosa do mundo. O veneno tem um valor de DL50 de 36,5 -53 mg / kg e é constituído principalmente por neurotoxinas (pré-e pós-sinápticos) e coagulantes do sangue. Serpentes mantidas em laboratórios de abastecimento de veneno de produzem uma média de 2-10 mg de veneno por ordenha. Porem nem todas as mordidas dela contêm veneno.

Taipan do interior

Taipan do interior a cobra mais venenosa do mundoA taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), Seu veneno, gota por gota, é de longe o mais tóxico do que o de qualquer cobra do mundo – muito mais do que até mesmo serpentes do mar. Diferente da maioria das serpentes, a taipan do interior é uma especialista caçadora de mamíferos assim seu veneno é especialmente adaptado para matar espécies de sangue quente. Estima-se que um mordida possui letalidade suficiente para matar pelo menos 100 homens adultos e dependendo da natureza da pica isso demora cerca de 30 a 45 minutos. É uma cobra extremamente rápida e ágil que pode atacar instantaneamente com alta precisão,  geralmente batendo as mandíbulas ferozmente várias vezes para provocar múltiplas punções no mesmo ataque. Apesar do potente veneno neurotóxico e hemotóxico a taipan do interior é uma cobra tímida e evita confrontos.

Referências

  1. Tan, NH; Ponnudurai, G; Mirtschin, PJ (1993). “A comparative study of the biological properties of venoms from juvenile and adult inland taipan (Oxyuranus microlepidotus) snake venoms“. Toxicon 31 (3): 363–7. doi:10.1016/0041-0101(93)90155-C.PMID 8470140
  2.  Fohlman, J. (1979). “Comparison of two highly toxic Australian snake venoms: The taipan (Oxyuranus s. scutellatus) and the fierce snake (Parademansia microlepidotus)“. Toxicon 17 (2): 170–2. doi:10.1016/0041-0101(79)90296-4
  3.  Håkansson, Thomas; Madsen, Thomas (1983). “On the Distribution of the Black Mamba (Dendroaspis polylepis) in West Africa“. Journal of Herpetology 17 (2): 186–187.doi:10.2307/1563464
  4. Foerster, S. (October 2008). “Two incidents of venomous snakebite on juvenile blue and Sykes monkeys (Cercopithecus mitis stuhlmanni and C. m. albogularis)“. Journal of Primatology 49 (4): 300–3. doi:10.1007/s10329-008-0098-x
  5. Minton, SA (1967). “Paraspecific protection by elapid and sea snake antivenins“. Toxicon 5 (1): 47–55. doi:10.1016/0041-0101(67)90118-3
  6. Mackessy, Stephen P. (June 2002). “Biochemistry and pharmacology of colubrid snake venoms“. Journal of Toxicology: Toxin Reviews 21 (1–2): 43–83. doi:10.1081/TXR-120004741
  7.  Place, Arron J; Abramson, Charles I. (2004). “A Quantitative Analysis of the Ancestral Area of Rattlesnakes“. Journal of Herpetology 38 (1): 151–156. doi:10.1670/103-03N
  8. FitzSimons, Vivian FM (1970). “A field guide to the snakes of Southern Africa. Canada: HarperCollins“. p. 221.
Compartilhe issoFacebookTwitterPinterestStumbleUponLinkedInRedditEmailGoogle+

Escrito por Larissa Souza

Bióloga apaixonada por insetos e plantas desde pequena ama a vida em todas as suas formas.

5 Comentários

  1. essas nao existe no brasil.porque..

  2. fernando raimundo pereira

    envie essa materia pra mim, obrigado.

  3. Nem sei acho todas lindas mais mesmo tempo muito perigosas

  4. A Naja Real da Índia é a mais perigosa do mundo segundo o Gunness Book, ela mata qualquer coisa e pode se alimentar dela mesma e também se alimentar de seus próprios ovos caso não obter alimento.
    Mas quando comparamos a Naja Real da Índia com a Taipan do Interior, a Mamba Negra, a Krayt Malaysiana; fica muito definir qual a pior.

  5. REDSON BRANDAO

    larissa bom dia meu nome e redson sou de brasilia . estou tentando ¨pensando em montar um serpentario com jararacas e cascavéis
    para fins comerciais ëstração de veneno , porem estou tendo dificuldade de colocar o projeto em pratica , sei que o ibama esta travando muitos processos atraves da EMBIO mais a falta de informação e o que mais me deixa desolado , ja entramos em contato com laboratorios que fabricam medicAAMENTOS PARA HIPERTENSAÕ ,OS quais tem interece no produto , nao vamos comercializar os animais apenas o sub produto que ,e o soro . onde posso obter informações bem conexas sobfre o assunto, se vc puder me ajudar ficarei grato desde ja

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


× 1 = 3

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>